GERAN participou do Encontro Estadual de Gestores Municipais de Convênios

Cerca de 100 participantes entre gestores municipais de convênios, assessores de projetos, prefeitos, secretários municipais, secretários executivos, técnicos e demais profissionais envolvidos na captação de recursos e gestão de projetos financiados através de transferência voluntária de recursos dos governos Federal e do Estado participaram, em Florianópolis, do II Encontro Estadual de Gestores Municipais de Convênios.

Durante a programação, do dia 7 de junho, o auditor interno do Poder Executivo Telbas Mauri da Silveira falou sobre “Prestação de Contas no SIGEF – uma Explanação Técnica via Usabilidade do Sistema”. O servidor integra a equipe da Gerência de Auditoria de Recursos Antecipados (Geran) da Secretaria de Estado da Fazenda.

O diretor de Articulação Institucional da Federação Catarinense de Municípios (FECAM) Celso Vedana, ressaltou a importância da gestão de convênios e contratos para as prefeituras e falou da iniciativa da entidade municipalista estadual na criação do Escritório de Projetos. Ele foi lançado em 2014 para oferecer aos municípios um serviço de auxílio na elaboração de projetos para captação de recursos. O escritório é uma estrutura de apoio para as prefeituras e presta suporte especializado aos municípios.

O evento foi promovido pela FECAM com a realização da Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM). A prefeita de Itá, Leide Mara Bender, parabenizou as duas instituições pela preocupação em melhorar cada vez mais a atuação dos profissionais e técnicos que trabalham nos municípios. “A cada dia que passa vemos a necessidade de qualificar nossos técnicos. Os recursos investidos na área técnica podem trazer investimentos para os municípios”, enfatiza a prefeita.

Participaram ainda da mesa de abertura o diretor-geral da EGEM, Alexandre Alves, o presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Santa Catarina, Luiz Carlos Brião e a presidente do Colegiado de Gestores Municipais de Convênios, Marise Teresinha Heinig.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações da Secretaria de Estado do Planejamento

Fesporte orienta municípios sobre o repasse de recursos públicos em parceria com a SEF/SC

A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou, na semana passada, uma reunião com os representes dos municípios que serão sedes dos eventos de 2016 para esclarecer sobre prestação de contas e repasses de recursos. Na oportunidade, o auditor interno do Poder Executivo Telbas Mauri da Silveira tirou dúvidas sobre como o repasse será feito, principalmente se tratando de um ano eleitoral que apresenta restrições e prazos.

“É importante esta explicação para auxiliar os municípios sobre os investimentos de infraestrutura, logística e nas demandas existentes quando da realização dos eventos esportivos”, considerou Osvaldo Juncklaus, que participou do evento.

Neste mesmo sentido, o diretor financeiro administrativo Aurélio Valente considerou a reunião de extrema importância para que não fique dúvidas em relação aos procedimentos dos recursos, facilitando a realização de seus eventos em parceria com a Fesporte.

Telbas integra a equipe da Gerência de Auditoria de Recursos Antecipados (GERAN) que, entre outras atribuições, é responsável pela coordenação do portal SCtransferências. A ferramenta divulga os dados relativos aos repasses feitos pelo Governo do Estado e objetiva informar a sociedade a respeito da aplicação do recurso público que é de todos e, com isso, oportunizar o controle social.

491a4a0327b47b32bd3778bab121ebe0_l
Foto: Antonio Prado / Fesporte

Com informações de Ana Cristina Zandavalle (Fesporte)

Secretaria da Fazenda fala sobre transferência voluntária para gestores municipais

O gerente de Auditoria de Recursos Antecipados (Geran), César Cavalli, participou do I Encontro Estadual de Gestores Municipais de Convênios para esclarecer sobre os principais instrumentos de transferências voluntárias do Estado. O evento ocorreu nos dias 28 e 29 de julho e reuniu gestores municipais de convênios, assessores de projetos, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, agentes políticos, secretários e técnicos municipais, em Florianópolis.

O principal objetivo do encontro foi fortalecer o papel dos gestores municipais de convênios. Para isso, durante os dois dias, os participantes tiveram a oportunidade de acompanhar palestras e participar de debates sobre temas inerentes aos repasses de recursos originários das transferências voluntárias das esferas federal e estadual, para o financiamento de obras e serviços.

Na oportunidade, Cavalli abordou questões como: o uso do Módulo de Transferências do SIGEF; o Demonstrativo de Atendimento dos Requisitos para Transferências Voluntárias(DART) e apresentou o Portal SCtransferências. “Com ênfase em mostrar a transparência que essas ferramentas proporcionam na gestão dos recursos”, reforçou, o auditor interno.

O evento foi promovido pela Federação Catarinense de Municípios (FECAM), com o apoio das Associações de Municípios de Santa Catarina e realização da Escola de Gestão Municipal (EGEM).

Realidade dos municípios

De acordo com o presidente da FECAM e prefeito de Chapecó, José Claudio Caramori, o cenário de crise no país, faz com que os administradores públicos precisem usar de criatividade e capacitação para buscar recursos junto a todas as esferas. Ele ressaltou que as receitas municipais são insuficientes para atender as demandas da população e os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do ICMs estão cada vez mais reduzidos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações da Assessoria de Comunicação FECAM