Projeto Aluno Auditor é destaque na coluna Panorama

O jornal Notícias do Dia publicou hoje, na coluna Panorama, uma nota sobre o projeto Aluno Auditor. A iniciativa é inédita em Santa Catarina e já está chamando a atenção de outros Estados. Na próxima quinta-feira (6), o projeto-piloto será apresentad no XII Encontro Estadual de Controle Interno da Controladoria-Geral do Ceará.

14052018 - ND - Panorama-Aluno-Auditor

Sindiauditoria adota sistema de lista tríplice para indicação ao cargo de Diretor de Auditoria Geral da Secretaria de Estado da Fazenda

O Sindicato dos Auditores Internos do Poder Executivo – SINDIAUDITORIA deliberou, na sessão do dia 27 de março de 2018, a realização de votação interna para escolha de membros da categoria para serem indicados ao cargo de Diretor de Auditoria Geral, da Secretaria de Estado da Fazenda.

A lista tríplice para o referido cargo visa indicar os nomes daqueles que a categoria entende estarem tecnicamente melhor preparados e se destina à auxiliar o secretário na escolha da pessoa que irá ocupar o cargo de diretor de Auditoria Geral.

A votação ocorreu em dois turnos. No primeiro turno, realizado no dia 15 de outubro de 2018, foram definidos os cinco nomes com maior número de votos e, no segundo turno, ocorrido no dia 6 de outubro de 2018, os nomes que compõem a lista tríplice.

A comissão eleitoral do SINDIAUDITORIA tornou público o resultado final da votação em 26 de outubro de 2018. Foram eleitos para compor a lista tríplice os auditores internos Rodrigo Stigger Dutra, Wanderlei Pereira das Neves e Cícero Alessandro Teixeira Barbosa.

sindiauditoria2222
Os auditores internos Rodrigo Stigger Dutra, Wanderlei Pereira das Neves (centro) e Cícero Alessandro Teixeira Barbosa foram eleitos para compor a lista tríplice

Promover o espírito de equipe na Auditoria Geral de Santa Catarina

Para incentivar o compartilhamento de informações, treinamentos, livros ou artigos que podem servir para melhorar a integração, a motivação pessoal e a troca de ideias, a Diretoria de Auditoria Geral (Diag)  lançou o projeto DIAGrupando. A proposta é que sejam realizados, ao menos uma vez por mês, encontros de curta duração para reunir os servidores com o objetivo de promover uma conversa informal sobre assuntos diversos, ligados ou não ao trabalho de auditoria interna. A premissa é simples: existem muitas ideias que merecem ser disseminadas!

A ideia surgiu da equipe do Gabinete da Diag e logo foi comprada pelo diretor Augusto Piazza, que incentiva o projeto desde o início. “Durante os encontros, tivemos bastante adesão, então, eu acredito que as pessoas entenderam a importância de tratarmos de temas não diretamente relacionados com auditoria e controle interno, mas que podem impactar na realização dos nossos trabalhos. Acredito que estamos caminhando para uma maior integração da equipe”, avalia a coordenadora do projeto, Marisa Zikan. Ela pontua que além das atividades, foram realizados dois cafés coletivos, em dois finais de tardes, de 30 minutos funcionando como um momento de pausa, conversa e troca de ideias nas sextas-feiras.

whatsapp-image-2018-08-06-at-20-18-58.jpeg
A participação é voluntária e pode ser realizada, não só marcando presença nos encontros, mas também sugerindo temas ou se candidatando para apresentar assuntos

O projeto se divide em dois eixos centrais de atuação. Em primeiro lugar, existem os encontros “Compartilhando conhecimento”, onde os auditores internos podem compartilhar os principais pontos aprendidos em um treinamento ou seminário, dividir uma descoberta tecnológica, apresentar boas práticas ou colaborações e fazer um brainstorming antes do início dos trabalhos da Diretoria – especialmente auditorias mais complexas que requerem informações que outros possam ajudar, como as operacionais, por exemplo. É a oportunidade também para apresentar trabalhos da Diretoria já finalizados para o conhecimento de todos. Em segundo lugar, eles participam também do “Unindo Elos” que são atividades coletivas no corredor da Diag que duram entre uma semana e dez dias, onde os servidores interessados participam pontualmente, em seus momentos de intervalo ou chegada e saída do trabalho.

Em todas as atividades a participação é voluntária e pode ser realizada, não só marcando presença nos encontros, mas também sugerindo temas ou se candidatando para apresentar assuntos e se conectar com os colegas. “A proposta não é ter ideias mirabolantes ou grandiosas e já validadas, queremos ver os servidores arriscando-se e inovando”, incentiva Marisa. Desde maio, foram realizados cinco encontros, que dispuseram sobre: Governo do Futuro com Renato Lacerda; Saúde Mental no Trabalho e na Vida com Rafaela Trevisan; Programa UNIEDU com a equipe da Auditoria Cidadã; Missão do Conaci na Indonésia com Rodrigo Dutra; e por fim, Tecnologia da Informação aplicada ao Setor de Saúde com Thiago Freitas.

A ideia está servindo de modelo para outros órgãos e entidades governamentais. “Recentemente eu apresentei o projeto para uma equipe do IMETRO que está interessada em implantar essas atividades na unidade em Santa Catarina”, pontua Marisa.

whatsapp-image-2018-05-23-at-22-26-26.jpeg
A coordenadora do projeto, Marisa Zikan, organiza as atividades todos os meses para gerar integração entre os auditores internos que atuam na Diretoria de Auditoria Geral